3 eficazes produtos para desinfecção de endoscópios e suas diferenças

A desinfecção e limpeza de endoscópios são fundamentais na eliminação de microrganismos nocivos à saúde, como fungos, vírus, bactérias e esporos. Com este processamento, é possível garantir a segurança de pacientes e profissionais da área da saúde que têm contato com os equipamentos.

São vários os métodos, os procedimentos e as substâncias utilizadas para esterilizar os artigos hospitalares. Mas, para garantir a eficácia do controle microbiológico, é preciso seguir uma série de normas regulamentadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com as determinações da Anvisa, o ácido peracético, o glutaraldeído e o ortoftaldeído são algumas das substâncias eficazes que podem ser utilizadas na higienização e desinfecção de endoscópios. É importante ressaltar que cada uma delas possui características específicas, que você vai conhecer abaixo.

Neste artigo, você encontra informações sobre:

Conheça mais sobre ácido peracético, o glutaraldeído e o ortoftalaldeído

O ácido peracético, o glutaraldeído e o ortoftalaldeído possuem performances semelhantes e podem ser utilizados na higienização de todos os componentes e equipamentos de endoscopia.

Ácido peracético

Vic Peracético 5 litros – Ácido Peracético 0,2%

A substância apresenta bons resultados tanto na desinfecção do endoscópio e é capaz de eliminar esporos, bactérias, fungos e vírus. O ácido peracético é obtido através da mistura de água, ácido acético e peróxido de hidrogênio. Suas características permitem o processamento de equipamentos termossensíveis. No processo de desinfecção, é preciso submergir completamente o endoscópio na substância durante 10 minutos para garantir o controle microbiológico.

Existem diversos tipos de apresentação do ácido peracético no mercado. Na ProMedical, você encontra o Vic Peracético, com ácido peracético em concentração a 0,2%, em duas apresentações. As embalagens de 1 Litro e de e 5 litros são acompanhadas de inibidor de corrosão. Consulte nossa equipe técnica e saiba qual opção oferece o melhor custo-benefício para sua empresa.

Glutaraldeído

O glutaradeído age diretamente no extermínio de bactérias, vírus, fungos e bacilos. O produto pode ser utilizado na higienização e desinfecção de instrumentos que não podem ser expostos às altas temperaturas. É preciso realizar um processo de limpeza e desinfecção, de maneira minuciosa, para que a inativação dos microrganismos seja eficaz. Os instrumentos precisam permanecer submersos no glutaraldeído durante 10 minutos para garantir a completa desinfecção.

É especialmente relevante ressaltar as diferenças existentes na apresentação do glutaraldeído no mercado. Em nosso site, apresentamos Glutamax, com ação em 10 minutos, na embalagem de 5 litros; Para saber mais informações sobre o produto, basta consultar nosso time de vendas.

Ortoftalaldeído

O ortoftalaldeído apresenta resposta rápida na eliminação de fungos, bactérias e vírus. Assim como no caso das outras substâncias, é preciso que o endoscópio passe por um processo prévio de limpeza. Após a eliminação de sujidades, o processo de desinfecção dura 5 minutos. Para assegurar a eficácia do processo, é preciso que o equipamento permaneça totalmente submerso na substância.

Você pode encontrar o ortoftaldeído no site da ProMedical com o nome comercial Opamax, em embalagem de 5 litros.

Limpeza, desinfecção e esterilização

Os endoscópios são considerados materiais semicríticos, segundo a classificação de Spaulding. Por isso, a esterilização é o processo mais indicado. Caso não seja possível sua realização, a desinfecção de alto nível torna-se necessária.

Por serem termosenssíveis, os endoscópios não permitem esterilização em autoclave, o que acaba diminuindo as opções para a realização do processo. Em termos de segurança e agilidade, os tipos mais recomendados são o ácido peracético, o glutaraldeído ou o ortoftaldeído.

O processo de limpeza dos endoscópios segue a ordem abaixo:

Limpeza: remoção das sujidades visíveis e detritos dos artigos com água e detergente enzimático. Ela pode ser feita de forma manual ou automatizada, o que causa a consequente redução da carga microbiana. Este é o primeiro passo, que precede os processos de desinfecção;

Desinfecção: é um processo físico ou químico responsável pela eliminação da maioria dos microrganismos patogênicos de objetos e superfícies;

Esterilização: também realizada por um processo físico ou químico, a esterilização é responsável por eliminar todas as formas de vida microbiana, incluindo esporos microbianos.

Como garantir a qualidade na desinfecção do endoscópio?

Para garantir o sucesso no processo de desinfecção do endoscópio, é preciso seguir uma série de etapas e procedimentos. Por serem aparelhos caros e frágeis, eles necessitam de manutenção rigorosa e específica. Além de seguir as normas determinadas pela Anvisa, utilizar produtos de qualidade é fundamental para obter um bom resultado.

Para passar pelo processo de desinfecção, é necessário que a limpeza dos endoscópios seja realizada de maneira adequada. Para isso, é preciso remover e eliminar todas as sujidades visíveis, com o auxílio de água e detergente enzimático. Isso garante a primeira etapa de higienização.

Os endoscópios não podem ser esterilizados pelos métodos clássicos. Por isso, é preciso seguir as etapas e procedimentos adequados para que o endoscópio possa ser utilizado no próximo exame com segurança.

Qual a importância da fita teste no processo?

As fitas-teste são monitores químicos utilizados para medir a concentração efetiva mínima do composto utilizado para a desinfecção. Ao utilizar as fitas, é possível comprovar de forma eficaz a segurança de todo o processo de desinfecção. Em alguns casos, quando o serviço de endoscopia é intenso, é indicado que as fitas sejam usadas uma segunda vez para garantir a qualidade da solução.

Para cada processo de desinfecção existe um tipo de fita adequado. Portanto, você deve escolher primeiro o método pelo qual vai realizar a desinfecção e, logo depois, o tipo de fita correto.

É importante ressaltar que a utilização das fitas-teste está prevista na RDC 6/13 (Serviços de Endoscopia) para monitoramento do teor das soluções desinfetantes. A avaliação dos parâmetros indicadores de efetividade dos desinfetantes para artigos semicríticos, no mínimo uma vez ao dia, também está prevista na RDC 15. O não cumprimento das normas pode causar penalidades graves para as empresas, que variam de acordo com cada situação.

Neste artigo, direcionamos a utilização do ácido peracético, do glutaraldeído e do ortoftaldeído na higienização dos equipamentos utilizados na realização de endoscopias e colonoscopias. Mas é especialmente relevante dizer que estas substâncias também podem ser utilizadas em pinças, instrumentos e produtos hospitalares que podem ser autoclaváveis.

A ProMedical oferece uma vasta gama de artigos médicos. Compre nossos produtos para esterilização e aproveite as promoções em nosso site.

Aproveite que estamos com condições especiais: o site todo com descontos exclusivos.

Resolução cinco estrelas: qualidade incomparável com monitor Sony

No post de hoje, selecionamos as principais vantagens do monitor Sony para endoscopia. Você descobrirá, ao longo do texto, por que o produto possui qualidade tão incomparável frente aos seus concorrentes.

 

Sabemos que saúde é assunto sério. Por isso, é preciso investir com sabedoria em qualquer item médico. O nosso objetivo é ajudar você nessa empreitada, apresentando os recursos que fazem a diferença no procedimento de endoscopia.

 

Esperamos que o conteúdo esclareça todas as suas dúvidas e o ajude a equipar a sua clínica, consultório ou hospital com o que há de melhor no mercado. Boa leitura!

 

Conformidade com padrões médicos

Uma curiosidade é que o monitor Sony para endoscopia é também distribuído nos Estados Unidos e na União Europeia como um dispositivo médico. Isso significa que ele atende as principais normas internacionais de segurança definidas para o produto. Como resultado, a padronização presente no item oferece confiabilidade ao serviço prestado e total conformidade com o que a legislação define para os procedimentos que demandam o recurso.

 

Excelente reprodução de imagem

Para o mais alto nível de precisão de reprodução de cores, alguns modelos do monitor Sony para endoscopia utilizam a tecnologia de processamento ChromaTRU. Ela agrega uma excelente consistência de cor ao produto. O monitor também oferece imagens de alto contraste com o brilho ideal para o serviço, graças ao recurso de retroiluminação LED em conjunto com um painel LCD SXGA de excelente qualidade.

 

E as vantagens não param por aí. O painel OptiContrast proporciona imagens claras e com alto contraste, ao controlar os reflexos e minimizar a dispersão de luz no painel LCD. Além disso, a tecnologia A.I.M.E. (Advanced Image Multiple Enhancer) proporciona melhoria na exibição e na visualização da imagem.

 

Facilidade na limpeza

A higienização dos monitores Sony é prática e precisa. Isso porque a sua superfície plana, resistente à água, permite que o usuário elimine líquidos e géis do painel LCD e dos botões de controle, facilitando a limpeza e a desinfecção.

 

Desempenho econômico com recursos avançados

Alguns modelos de monitor Sony para endoscopia oferecem a funcionalidade profissional em um pacote econômico. O motivo disso é que eles são otimizados para reprodução de imagens em movimento, proporcionando uma reprodução de cores e em escala de cinza precisas, graças à sua curva de gama semelhante à do CRT e ao processamento de sinais de 10 bits.

 

Comodidade

Ao adquirir um monitor Sony para endoscopia, tenha certeza de que a comodidade é garantida para a execução dos serviços médicos. Exemplo disso é o padrão de montagem em conformidade com a Associação Padrão de Eletrônica de Vídeo, a VESA (100mm x 100mm). Ele permite que o equipamento seja utilizado em uma variedade de instalações médicas, ou seja, independentemente de como é o local de atendimento, ele se ajustará facilmente.

 

Além disso, os fãs de controle remoto não ficam desamparados. O monitor permite o uso do recurso externo por meio de uma interface remota paralela programável. Há também o design econômico e fácil de segurar. Ele possibilita que o usuário ajuste a posição do monitor com facilidade. Para completar, o monitor é compatível com uma ampla variedade de formatos de entrada digital e analógica, em HD e em definição padrão.

 

Operação fácil e intuitiva

O funcionamento do monitor ficou mais fácil com o painel de controle intuitivo e simples de utilizar. A retroiluminação LED colorida destaca os botões de controle ativo, orientando o usuário e reduzindo o risco de operação acidental, especialmente em ambientes escuros. E isso é imprescindível quando o assunto é saúde, não é mesmo?

 

Gostou de conhecer algumas das vantagens em investir em um monitor Sony para endoscopia? Os benefícios, realmente, fazem a diferença na qualidade do procedimento. Há vários modelos disponíveis no mercado e, com certeza, um deles é perfeito para a sua clínica ou hospital. Para não ter erro na hora da aquisição, você já sabe: conte com a  ProMedical — a única empresa autorizada para venda de produtos Sony na região.

 

Aproveite e conheça também a nossa linha completa de produtos de endoscopia!

5 produtos que todo endoscopista deve ter

No post de hoje, separamos uma lista com os 5 produtos de endoscopia que não podem faltar em sua clínica. Cada um dos itens agrega grandes vantagens, como segurança e economia, ao serviço prestado.

Conheça as funções dos materiais selecionados e avalie como eles podem trazer resultados impressionantes, de maneira imediata, ao seu trabalho. Em todas as alternativas, é imprescindível apostar em itens de qualidade, comercializados por empresas que sejam referência no mercado. Bons negócios!

  1. Kit de instrumentos

Os materiais utilizados na endoscopia podem variar de acordo com o especialista responsável por conduzir o exame e o tipo de procedimento indicado ao paciente. No entanto, quando tratamos desse assunto, existe um conjunto de instrumentos considerados básicos. Quer descobrir quais são eles?

  • Pinças de biopsia;
  • Pinças de retirada de corpo estranho;
  • Alça de polipectomia (remoção de pólipo).

O endoscopista encontra à disposição no mercado esses instrumentos tanto na versão descartável quanto autoclavável, ou seja, que podem ser esterilizados por pressão e vapor na autoclave.

Seja qual for a sua escolha, é essencial trabalhar com instrumentos de qualidade que proporcionem melhora considerável na execução do exame e segurança ao paciente. Para não ter erro, aposte em fornecedores consolidados no mercado e que são referência em sua área de atuação, como a ProMedical. Assim, você terá todo o suporte para acertar na escolha do seu material de trabalho e consultores à disposição mesmo após a venda.

  1. Materiais para limpeza e desinfecção

Os materiais para limpeza e desinfecção de itens usados na endoscopia desempenham duas funções principais. A primeira é aumentar a vida útil do equipamento. A segunda diz respeito à garantia da segurança ao paciente de não ser contaminado com nenhum tipo de bactéria durante a realização do exame.

Para cumprir esse papel, destacamos o detergente enzimático e o saneante. Na primeira categoria, o produto Riozyme Eco é uma boa pedida. Com ação bacteriostática, ele é indicado para limpeza manual ou automática de instrumentos médico-hospitalares. É excelente para a remoção de matéria orgânica em endoscópios e fibroscópios. Possui alto poder desengordurante, removendo proteínas, amidos, lipídeos e componentes do biofilme e da biocarga.


produtos-de-endoscopia-2         produtos-de-endoscopia-3

Glutaron 20 minutos – 5 litros           l            Saneante Perax Rio 5 litros

Em relação ao saneante, indicamos o Rioscope Opa, que é um desinfetante de alto nível para o reprocessamento de artigos médico-hospitalares termossensíveis. Ele é vendido pronto para uso. Pode ser aplicado em sistemas manuais de desinfecção que utilizam bandejas ou recipientes de polipropileno, polietileno, ABS (acrilonitrilobutadieno-estireno), plásticos feitos a partir de policarbonato e polipropileno preenchido com vidro.

Para garantir a efetividade dos produtos, leia com atenção as recomendações dos fabricantes e, se for o caso, use as fitas para medição. O inativador também é uma ótima solução no que diz respeito ao descarte do produto de forma ecológica.

  1. Lavadora ultrassônica

produtos-de-endoscopia-4

A lavadora ultrassônica é perfeita para quem utiliza instrumentos autolaváveis. Ao contar com esse equipamento, há o aumento significativo da vida útil dos produtos de endoscopia. Ele remove a matéria orgânica que fica nos instrumentos entre um exame e outro, proporcionado uma limpeza completa.

Que tal automatizar a higienização de materiais? Com isso, você otimiza os recursos humanos, protege o operador, diminui os gastos com produtos químicos e o tempo despendido para a assepsia dos instrumentos. Lavagem eficaz com baixo custo!

As lavadoras estão disponíveis no mercado em modelos com diferentes capacidades (em litros) e materiais, desde o plástico, menos resistente, até os componentes mais trabalhados. Há também a inclusão de um sistema digital com leds indicadores de tempo (5 a 40 minutos). Avalie a necessidade de sua clínica e adquira o produto que mais combina com o perfil do negócio. Os resultados, incluindo a segurança dos pacientes, serão imediatos.

  1. Cubas para desinfecção

As cubas para desinfecção foram projetadas para armazenar o endoscópio de maneira correta durante a limpeza, evitando qualquer tipo de dano ao equipamento. Além da segurança oferecida pelo produto, já que permite a desinfecção completa, ele traz economia significativa ao médico. A razão disso é que as cubas foram desenvolvidas para deixar o equipamento totalmente imerso, utilizando apenas 5 litros de saneante. Dessa forma, não há desperdício!

Muitos médicos utilizam outras estruturas, como os famosos “tupperwares”, para cumprir o papel das cubas. No entanto, eles são quadrados e causam desperdício, uma vez que necessitam ser totalmente preenchidos para deixar o equipamento imerso. Sabe qual é o resultado? Em vez de usar 5 litros de saneante, o médico utiliza entre 6 e 7 litros.

  1. Teste de urease

O teste de urease tem grande empregabilidade na identificação in vitro da bactéria H. pylori em tecido de mucosa gástrica (biopsia) colhida por endoscopia. O produto gera o resultado entre 2 e 30 minutos, no máximo, sendo prático e fácil de utilizar.

Se a reação apresentar qualquer tonalidade cor rosa, o teste mostra como positiva a presença da bactéria. Por outro lado, a coloração amarela atesta a negatividade do exame. Simples, não é mesmo?

produtos-de-endoscopia-5

Teste de Urease – Uretest

O que achou de nossa seleção de produtos de endoscopia que não podem faltar em seu consultório? Que tal adquirir, agora mesmo, os itens que você ainda não tem e trazer mais segurança e economia ao seu trabalho? Para isso, conte com a ProMedical. Visite o setor de endoscopia do nosso site e tenha acesso aos melhores artigos do mercado.

A importância de produtos de qualidade para realização de endoscopia digestiva

Saúde é assunto sério. A área não permite negligência em nenhum procedimento. Afinal, é a vida do paciente que sofre o impacto de decisões equivocadas. Nesse sentido, hoje falaremos sobre a importância que os produtos de qualidade têm na endoscopia digestiva.

 

Começaremos com o detalhamento do exame, mostraremos alguns dos produtos relacionados à técnica e, por fim, daremos dicas essenciais para que você não erre em sua próxima compra. Nosso desejo é que você equipe o seu hospital ou a sua clínica com o que há de melhor no mercado. Dessa forma, as endoscopias realizadas serão sinônimo de confiança, precisão e credibilidade. Boa leitura!

 

Endoscopia digestiva

A endoscopia é o exame que avalia os órgãos do sistema digestivo com o propósito de diagnosticar doenças como o refluxo, a gastrite e o câncer. A técnica consiste em inserir o endoscópio (um tubo bem fino com uma câmera na extremidade) no paciente. Com isso, o especialista consegue investigar, ao vivo, as imagens geradas das cavidades ocas do corpo. O exame é completo e vai do esôfago ao duodeno, passando pelo estômago.

 

Além do diagnóstico, a endoscopia também funciona como tratamento propriamente dito. Isso porque, por meio dela, é possível introduzir sondas no estômago para ajudar as pessoas com dificuldades de comer a se alimentar e retirar tumores e pólipos em fase inicial.

 

É importante que o paciente esteja sedado durante o procedimento para que ele ocorra da forma mais confortável possível. Tudo acontece de maneira simples e rápida, já que o tempo médio do exame gira em torno de 20 minutos.

 

Produtos de qualidade

Para que a endoscopia digestiva seja realizada com precisão e segurança é necessário que o hospital ou a clínica especializada no exame conte com produtos de qualidade. Somente dessa forma será possível que o diagnóstico transmita a real condição do paciente e não ofereça nenhum risco de infecção.

 

Alguns desses produtos são:

  • Endoscópio;
  • Pinças;
  • Aspirador de secreções;
  • Destilador;
  • Desfibrilador;
  • Lavadora ultrassônica;
  • Gravador de vídeo;
  • Central endoscópica;
  • Videogastroscópio;
  • Videocolonoscópio.

 

Uma dica de ouro na hora de fazer as suas compras de produtos relacionados à endoscopia digestiva é analisar, com muito cuidado, a empresa que os comercializa. Escolha o negócio que tenha tradição no mercado, qualidade comprovada e que forneça a você todo o suporte necessário durante a operação comercial — e também após a venda.

 

Plataforma e-commerce e canal de atendimento via telefone são outros recursos que facilitam muito a compra de artigos médicos. A presença de consultores capacitados para melhor atender aos consumidores representa um forte diferencial competitivo. Pense nisso.

 

Por fim, avalie como as informações relativas aos produtos, às tendências de mercado e a lançamentos são divulgadas, ou seja, se há clareza e precisão no diálogo com o consumidor. Em caso afirmativo, o cliente realiza suas compras corretamente, sem perder tempo e dinheiro.

 

No site da ProMedical, você encontra o catálogo com diversos materiais da endoscopia digestiva e tem a facilidade de fazer suas compras on-line. Conheça!

Serviço de endoscopia para enfermeiros e técnicos de enfermagem: saiba mais!

A endoscopia é uma técnica muito comum usada para emitir imagens diagnósticas do paciente a partir do uso do endoscópio (aparelho com uma fonte de luz adaptada para gerar imagens dos órgãos digestivos). O exame consiste na introdução de um fino tubo no paciente, que chega até o estômago, permitindo que as paredes dos órgãos digestivos sejam observadas.

 

Desconfortos abdominais duradouros, provenientes de gastrite, úlceras ou hérnias de hiato e refluxo, são identificados e tratados a partir da endoscopia. Além disso, por meio do exame é possível coletar pequenos pedaços dos órgãos (biópsia) para a investigação de problemas mais graves.

 

Médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem compartilham as demandas na área para garantir a excelência do diagnóstico e, consequentemente, um tratamento eficaz. Mas os desafios profissionais para os que seguem por esse caminho são grandes, já que, muitas vezes, o tema não é abordado com profundidade durante a formação. Quer entender mais sobre o assunto e descobrir uma dica para se aprimorar? Continue com a leitura!

O mercado da endoscopia

Nesse segmento, é preciso mais que médicos para dar conta das demandas. Enfermeiros e técnicos de enfermagem também desempenham um papel muito importante na realização do procedimento, sendo responsáveis por:

 

  • Emitir diagnóstico de enfermagem;
  • Atender a emergências;
  • Registrar avaliações e procedimentos;
  • Auxiliar em procedimentos complexos;
  • Definir prioridades para garantir a segurança no cuidado do paciente;
  • Participar de organizações profissionais e eventos científicos;
  • Realizar a limpeza e a desinfecção de instrumentos seguindo normas específicas.

 

O problema é que, com exceção dos graduados em medicina, os profissionais não recebem a preparação adequada nessa área durante a formação. Sem contar que, devido ao processo de modernização científico-tecnológica, novidades aparecem todos os dias para deixar os resultados mais precisos e facilitar o procedimento.

 

Dessa forma, é necessário que os enfermeiros e técnicos de enfermagem dedicados à endoscopia busquem atualização constante para desempenharem bem a sua função. Cursos livres, especializações e eventos acadêmicos podem fornecer saberes preciosos, mas não são as únicas fontes de conhecimento disponíveis. Livros e artigos também reúnem informações ricas que poderão fazer com que você enxergue a profissão de outra maneira, entendendo especificidades até então desconhecidas.

Fundamentos e práticas do serviço de endoscopia

Uma dica essencial para quem quer se manter sempre atualizado e fazer a diferença no mercado é estudar continuamente. Livros sobre a sua área de atuação representam um investimento certeiro para aprimorar a sua atuação profissional. Nesse contexto, indicamos a obra “Fundamentos e práticas para técnicos de enfermagem do serviço de endoscopia”, escrita por Maria Sônia Batista dos Santos.

 

Essa é a primeira publicação específica para técnicos de enfermagem em endoscopia, direcionada ao dia a dia do serviço. Somente por isso já vale a pena conferir. Como o processo de modernização científico-tecnológica na endoscopia cresce a todo o momento, é fundamental que o profissional de enfermagem invista na própria formação a fim de dar conta de suas demandas, promover segurança e também bem-estar psicoemocional aos pacientes.

 

Contudo, são pouquíssimas as instituições de ensino que promovem essa formação especializada. Infelizmente, ainda não contamos com formação para técnicos de enfermagem na área. Desse modo, eles aprendem com a prática ou com colegas mais experientes. Como alternativa para o problema, esse livro inovador pretende ajudar os técnicos de enfermagem que já atuam ou que pretendem atuar nos serviços de endoscopia.

 

Não perca a oportunidade de evoluir profissionalmente. “Fundamentos e práticas para técnicos de enfermagem do serviço de endoscopia” será lançado no dia 11 de janeiro, às 17h, no Instituto Nacional do Câncer (INCA), no Auditório Moacir Santos Filho — 8º andar, Praça da Cruz Vermelha.

Conteúdo ProMedical

Para aprimorar ainda mais a sua atuação, você pode acompanhar os melhores sites de empresas especializadas na área de endoscopia. Identifique aquelas que produzem conteúdo de qualidade para não perder nenhuma novidade do setor. Nesse sentido, a ProMedical destaca-se no mercado há mais de 10 anos por sua tradição e qualidade.

 

As redes sociais e o blog do negócio estão sempre atualizados com dados relevantes, trazendo o conhecimento necessário para você fazer a diferença e obter sucesso na carreira que escolheu. Tudo é pensado para que os clientes e potenciais clientes encontrem tudo o que é necessário para atuar com excelência profissional. A dica de leitura apresentada neste post é um exemplo disso.

 

Curtiu a nossa dica? Que tal aproveitar a visita e conhecer a nossa linha completa de produtos para endoscopia? Basta clicar aqui!