A importância da prevenção e diagnóstico precoce no combate ao câncer de mama

Criado no início da década de 90, a campanha do Outubro Rosa tem como objetivo conscientizar não só mulheres, mas toda a sociedade a respeito da importância da prevenção e tratamento do câncer de mama e mais recentemente do câncer de colo de útero. Desde 2010 o governo brasileiro através do ministério da saúde e do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva integram essa mobilização em seu calendário anual.

Um a cada três casos de câncer pode ser curado se for descoberto logo no início. Por isso, é tão importante que nós da comunidade médica venhamos a quebrar tabus e crenças indevidas sobre o câncer, para que a doença deixe de ser vista como um atestado de óbito imediato. Muitos leigos relacionam o câncer de mama apenas a comunidade feminina, e ignoram os sintomas iniciais e até mesmo mais avançados da doença.

Muitas pessoas relacionam a prevenção do câncer através do autoexame das mamas e da mamografia, e apesar de serem fases diagnósticas importantes, alguns fatores são importantes para serem considerados a partir do momento que a idade avança. São esses fatores:

– Evitar o ganho de peso;

– Manter uma alimentação saudável; 

– Praticar atividade física;

– Evitar reposição hormonal;

Há também um grupo feminino que deve estar atento ao possível surgimento de câncer, são as mulheres:

– Que possuem histórico familiar de câncer: mães, irmãs ou filhas;

– Mulher com histórico familiar de câncer de mama masculino;

– Mulheres que nunca amamentaram;

– Mulheres nulíparas ou primíparas após 30 anos de idade;

– Mulheres que tiveram a menarca antes dos 10 anos de idade.

Não há uma causa única para câncer de mama. Diversos fatores, tais quais os citados acima além do envelhecimento e consumo de álcool em excesso podem ser fatores causadores. O câncer de mama é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo mundo. É muito importante que nós, como profissionais da saúde, venhamos esclarecer todos esses fatores e diminuir estigmas para contribuir com essa causa e promover uma melhor qualidade de vida e saúde para nossos pacientes, afim de reduzir o número de casos avançados registrados e óbitos através da detecção precoce da doença.